Skip navigation

Olá!

Esta entrada servirá para colocarem (em comentário) as vossas fichas de leitura.😉

Boas leituras!😉

42 Comments

    • Marta Duarte
    • Posted Dezembro 28, 2008 at 3:08 pm
    • Permalink

    Professor, eu escrevi o que era necessário para fazer esta ficha de leitura numa folha solta, o professor já deve estar a imaginar o que aconteceu a essa dita ficha, perdia, por isso poderia dizer-me o que é necessário?
    obrigada, o uma feliz passagem de ano

  1. Ficha de Leitura

    Título: “A Casa das Sombras”
    Autor: Ana Teresa Pereira

    Na minha opinião, o livro “A Casa das Sombras”, é dirigido a um público infantil, pois é de fácil leitura, chegando a ter menos de cem páginas. É também um livro emocionante, que revela aventura e mistério.

    Para quem não conhece o livro “ A Casa das Sombras” aqui vai um pequeno resumo:
    Em “A Casa das Sombras”, a casa onde se passa a acção, desenvolve-se um mistério que envolve roubos de jóias.
    O filho dos guardas da casa, e o seu cúmplice, são os autores dos recentes roubos. As passagens secretas, da casa, são onde as jóias roubadas são escondidas. Por fim, os ladrões acabam por ser presos.

    Penso que é um livro que cativa as crianças, principalmente as que gostam de mistério e aventura.
    Este livro, tal como os outros volumes publicados desta colecção, possui uma maneira original de ser escrito. A autora de “A Casa das Sombras”, exprime-se de uma forma clara e directa, o que permite uma melhor leitura e compreensão, por parte das crianças e adolescentes.

    • José Ferreira
    • Posted Dezembro 28, 2008 at 5:09 pm
    • Permalink

    Marta: Penso que a resposta à tua pergunta é fácil de dar…🙂 Ora pensa lá!🙂

    Liliana: Gostei da tua ficha de leitura, penso que a história do livro ficou clara. Vamos ver se os teus colegas também têm a mesma opinião.😉

  2. Obrigada pelo seu comentário, professor!

    Feliz Ano Novo!!!

    • Anónimo
    • Posted Dezembro 28, 2008 at 9:55 pm
    • Permalink

    Bom ano a todos!😉

    • Beatriz Ferreira
    • Posted Dezembro 29, 2008 at 4:15 pm
    • Permalink

    Ficha de leitura

    Título: “História dentro de uma garrafa”
    Autor: Alexandre Honrado

    Resumo:

    Três amigos, Tiago, o seu tio Hipólito e Rita foram explorar o sótão de uma velha casa chamada Palácio da Lua Nova. Tiago e Rita encontraram uma garrafa com uma espécie de jardim no seu interior, leram umas palavrinhas que estavam escritas na rolha e entraram dentro dessa garrafa esquisita. Lá encontraram umas criaturas de quem ficaram amigos e descobriram muitas coisas novas que nunca tinham imaginado. Com a ajuda de uma dessas criaturazinhas conseguiram sair da garrafa e ficaram muito espantados com o que tinha sucedido.

    Na minha opinião, esta obra é muito criativa e tem muita imaginação, mas também exprime muitos sentimentos reais, como a amizade, o carinho, a ajuda entre as personagens e a alegria de cada uma delas. A ideia principal deste texto é a amizade. É um texto muito bem escrito, o que permite um bom entendimento entre a história e o leitor.

    • Carla Lourenço
    • Posted Dezembro 29, 2008 at 4:20 pm
    • Permalink

    Ficha de leitura
    Título: “ Os cinco na ilha do tesouro”
    Autor: Enid Blyton

    Opinião:
    Na minha opinião, na obra “os cinco na ilha do tesouro”, podemos em primeiro lugar concluir um aspecto muito importante que é o facto de que para além de já ter sido escrito há muitos anos este livro, como muitos outros da colecção “os cinco”, ainda são lidos com entusiasmo e com imensa apreciação pelos seus leitores nos dias que correm. Este livro cativa quem o lê pelo mistério, pela aventura e também pelo companheirismo que nele estão caracterizados.

    Enid Blyton é sem dúvida uma das minhas autoras preferidas, pois escreve os seus textos de uma forma clara e cativante.

    Resumo:
    A aventura começa quando os cinco amigos decidiram ir conhecer uma ilha misteriosa. Ao chegarem á ilha os cinco amigos encontraram uma caixa que continha um tesouro. Eles não eram os únicos a querer o tesouro, mas os amigos conseguiram ficar com o belo tesouro e também prender os ladrões.

    • Fátima Daniela
    • Posted Dezembro 29, 2008 at 5:17 pm
    • Permalink

    Ficha de Trabalho:

    Título: Os Cinco nos Rochedos do Demónio

    Autor: Emid Blyton

    * Opinião:
    Na minha opinião esta aventura (Os Cinco nos Rochedos do Demónio), reporta-se a um púbico adolescente, pois o mistério e a aventura cativam a sua atenção.
    Decidi escolher este livro porque me despertou interesse para desvendar o seu enigma.

    * Resumo:
    Existirá algum tesouro nos Rochedos do Demónio?
    Ou será apenas um mito??
    Depois de uma visita ao farol os nossos amigos aventureiros decidiram explora-lo, esse encontra-se no meio de rochas escarpadas.
    Até que encontraram uma moeda de ouro, e assim o mito se tornou realidade. Porém se desenrola uma nova aventura cheia de mistérios e peripécias.

  3. Ficha de leitura
    Titulo: Os sete e os seus rivais Autora: Enid Blyton Editora: EDIMPRESA

    Resumo: O clube dos sete não tem encontrado nada de interessante para descobrir, já que eles gostam tanto de a venturas e de resolver mistérios. Este sete jovens, o Pedro, a Joaninha, a Paulina, a Barbara,o Jaime, o Carlos, e o Jorge, convocaram uma reunião para falarem sobre o clube. Como nenhum deles apresentou nenhum caso acharam que seria melhor não haver reuniões até ao Natal. A irmã de Jaime , a Susana, e mais uns quatro amigos resolveram criar um grupo para se rivalizarem com o clube dos sete. Esse seu clube teria como nome “Os famosos cinco”. Um dia Jaime escutou um estranho diálogo, que sem saber era para o enganar, em que numa velha casa, o solar dos cactos, dois bandidos , o Zarolho e o Pé Torto, se reuniam. O Jaime logo se ocupou de avisar o Pedro, o líder do grupo, que convocou uma reunião para saberem mais pormenores sobre o suposto caso. depois da reunião numa noite eles foram à tal velha casa. Mas a verdade é que realmente, lá se reuniam bandidos mas não os que Susana mencionara.O caso lá foi resolvido. Quando Susana soube que realmente o que tinha dito era verdade ficou bastante aborrecida por não terem sido os Famosos Cinco a resolver o caso.

    Opinião: Eu acho que este livro é muito agradável de se ler. É um livro que expressa muito bem os sentimentos dos jovens de hoje em dia. Uma das coisas de que gostei neste livro foi a maneira como a autora encara o factos e narra cada situação.

    • João Oliveira
    • Posted Dezembro 30, 2008 at 11:45 pm
    • Permalink

    Ficha de Leitura
    Título:”Uma Aventura na terra e no mar”
    Autores: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada

    Na escola estavam a haver provas de ciclismo para ver quem ia a Aveiro correr com outras escolas. Dos cinco amigos foram seleccionados a Teresa, o João e o Chico, os outros dois amigos Luísa e Pedro não puderam ir apoiá-los. Na manhã de partir para Aveiro, ouve vários alunos que não puderam ir, e os dois amigos Luísa e Pedro pediram aos professores se podiam ir. Quando chegaram Aveiro conheceram novos amigos! No dia antes da corrida onde eles estavam os telemóveis desapareceram. No dia da corrida todos os concorrentes estavam empolgados e nervosos! Mesmo no fim da corrida Chico e o outro concorrente, disputam a liderança, mas Chico acaba por perder.
    Alguns dias depois, houve uma grande festa de despedida de todos os concorrentes. Teresa e Luísa estavam na conversa com uma amiga e João e Chico estavam a combinar com um amigo ir dar um passeio num barco de pesca do pai do seu amigo.
    No dia de regressar a Lisboa João e Chico, estavam prontos para a sua grande aventura.
    Quando as gémeas Teresa e Luísa acordaram não viram os dois amigos, e foram logo acordar o Pedro. Logo de seguida começaram a procurar, mas não os encontraram. Quando os dois já estavam no barco este começou a andar. O amigo disse-lhes que iam pescar ali perto mas afinal iam dar um passeio muito longo, de vários dias. Eles estavam escondidos para o pai do amigo deles não o descobrirem, pois antes da partida não os deixara entrar a bordo. Ao irem em alto mar os marinheiros do navio descobriram-nos e levaram-nos ao Capitão que os prendeu numa sala. Nessa sala estavam todos os telemóveis desaparecidos e eles viram que eles eram os ladrões. Os outros amigos gamaram a policia. Os amigos que estavam no barco libertaram-se e saltaram e foram ter com os seus melhores amigos. A policia prendeu os ladrões e os cinco amigos voltaram para Aveiro felizes.

    Opinião: Acho que este livro é muito interessante e de grande aventura o que leva a nós
    querermos saber o que bem a seguir.

    • Marta Carolina
    • Posted Janeiro 2, 2009 at 11:44 am
    • Permalink

    Resolvi ler o livro que vinha com o nosso manual, “Uma Questão de Cor”, espero que não haja problema professor.

    Na minha opinião, “Uma Questão de Cor” é um livro indicado para um público jovem, pois é uma narrativa expressada de forma simples de compreender, possuí pitadas de humor e descreve alguns dos problemas da adolescência. Além do mais, serve tanto para rapazes como para raparigas, porque afinal não é de modo algum uma história “para raparigas”, apesar da protagonista ser uma.

    Para quem ainda não leu o livro, fica aqui um resumo:

    Em “Um Questão de Cor” são contados alguns episódios da vida de Nina, uma rapariga de treze anos.
    Como pano de fundo inicial temos a sua troca dos jogos de computador pelos trabalhos de casa, a mudança iminente de um primo, Daniel, para sua casa e a irritação que ela sente por um rapaz que não a deixa em paz na escola.
    No fim, todos estes problemas (e outros que vão surgindo ao longo da narrativa) são resolvidos.

    Bom 2009!

    • Marta Duarte
    • Posted Janeiro 2, 2009 at 6:14 pm
    • Permalink

    Título: “Triângulo Jota- O Assassíno Leitor”
    Autor:Álvaro Magalhães
    Resumo: este livro retrata a história de como três amigos, Joel, Jorge e Joana tentam desvedar a história em volta de vários homicídios, que por sua vez coincidem com a história de um livro.
    Opinião: eu penso que este livro é escrito para o público jovem que goste de uma boa história de “jovens detectives”. Cativa também a atenção dos leitores, pois queremos sempre saber o que vai acontecer depois, o que faz com que estejamos a ler constantemente, tem também partes de humor.

    • Francisco Sousa
    • Posted Janeiro 2, 2009 at 11:52 pm
    • Permalink

    Ficha de leitura
    Título: Quero ser outro
    Autoras: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada
    Editora: Caminho

    Resumo: Alexandre era um jovem que andava desiludido com a vida pois nada lhe corria bem. Tinha fracas notas, mau ambiente familiar e no amor não era correspondido. Era apaixonado por uma rapariga que não gostava dele e não conseguia perceber as qualidades de Maria que o adorava.
    Certo dia, depois de ter saído de uma consulta de psicologia, encontra um sósia, Alex, a quem confidencia os seus problemas. Alex também lhe conta o seu descontentamento com a vida que leva como tripulante dum luxuoso iate. Cada um deles sente-se atraído pela vida do outro. É então que os dois resolvem trocar de identidade por um mês. Durante este período cada um assume o papel do outro vivendo assim uma aventura que mudaria para sempre as suas vidas.

    Opinião: Esta obra está escrita numa linguagem rica mas acessível o que torna a leitura agradável. Aborda temas bastante actuais como a desintegração familiar, insucesso escolar e a vontade que os jovens sentem em viver aventuras. Gostei muito de ler este livro que me permitiu, em vários momentos, entrar na aventura das personagens.

    • Ana Rita Silva
    • Posted Janeiro 3, 2009 at 8:01 pm
    • Permalink

    Ficha de leitura
    Título: “ A Lua de Joana”
    Autora: Maria Teresa Maia Gonzalez

    O livro “A Lua de Joana” apropria-se a jovens adolescentes, mas também mostra interesse a pessoas adultas.
    O facto de a história falar de uma rapariga que se meteu na droga e acabou por morrer, faz com os jovens mostrem interesse pela leitura do livro.
    Resumo: Com a morte desta jovem de seu nome Marta tudo mudou na vida de Joana, sua melhor amiga, ela sentia-se triste, sozinha e ainda não tinha conseguido perceber o porquê de com tanta informação, ela se ter metido naquilo. Então decidiu, começar a escrever cartas a Marta como se ela estivesse lá.
    Diogo, irmão de Marta também, ainda não tinha conseguindo perceber porque que ela tinha feito aquilo, e Joana tentava ajudá-lo mas o certo era que ela também precisava de ajuda. Ela começou a desinteressar-se pelas coisas que gostava e os pais também não ajudavam porque se preocupavam mais com o trabalho.
    Apesar de Diogo não perceber o porquê de tanta irresponsabilidade da parte da irmã também se meteu na droga. Joana para o ajudar acabou por vender coisas suas e também por experimentar. No final tudo acaba bem e os pais de Joana percebem que lhe deviam ter prestado mais atenção.
    0piniao: Na minha opinião este livro mostra às pessoas e principalmente aos jovens os cuidados a ter com estas coisas, tais como a droga, que até podem levar á morte. Mostra a importância de as pessoas se manterem informadas, e de não julgarem ninguém, porque como vimos na história Diogo caiu no memo erro que a irmã. Este livro também nos faz perceber que não devemos deixar para segundo plano aquilo que realmente é importante.

    • Rafaela Nogueira
    • Posted Janeiro 3, 2009 at 8:37 pm
    • Permalink

    Ficha de Leitura.

    Titulo: “A Lua de Joana”.

    Autora: Maria Teresa Maia Gonzalez.

    Resumo: Este livro retrata a vida de Joana, uma adolescente que perdeu a melhor amiga (Marta) por overdose. Sentindo a sua falta, Joana começa a escrever-lhe cartas a contar-lhe o seu dia-a-dia, usando-as como uma espécie de diário, que lhe dá uma sensação de proximidade de Marta, que conhecia desde criança e com quem sempre teve segredos e cumplicidade.
    Joana, numa de tentativa de mudar, pinta o quarto de branco, pendurando um baloiço em forma de lua, à qual mudava a posição conforme o seu humor (quando queria pensar colocava o baloiço na posição de quarto crescente, e quando estava triste rodava-o para o quarto minguante). Sentiu-se incompreendida pela família (a mãe que passa horas na loja onde trabalha, o irmão difícil, o pai ausente) e pelos colegas, comete alguns erros e algumas mudanças, acabando por se apaixonar pelo irmão da defunta amiga e envolvendo-se com ele.
    No livro, aparecem as cartas, do retrato da vida desta adolescente só, que conforme vai entrando em decadência, vai alterando o branco do quarto, tornando-se mais colorido (mas não de uma boa forma).
    Termina com o pai dela, a acabar de ler aqueles “relatos”, sentindo-se impotente por não ter estado lá para ela, por não ter percebido nada… E por não ter conseguido evitar que, tal como Marta, Joana morresse por overdose.

    Opinião: Neste livro é interessante ler o retrato da vida desta personagem, como ela se transforma ao longe dos dias e dos anos. Aqui é também realçada a importância do diálogo, que é muitas vezes a razão pela qual os filhos são levados à procura de outros caminhos, que neste caso é a droga. Este livro apresenta a realidade dos dias de hoje: o grande problema que é a droga para todos, para os amigos, para a família e para a própria pessoa que comete esse erro, de ir pelo caminho mais obscuro. Acho que este é um óptimo livro para ser lido por qualquer pessoa, visto que retrata um assunto muito comum nos dias de hoje. Uma vez que é um exemplo para pais e filhos, para que tenham uma boa relação entre si, falando de tudo sem que haja qualquer tipo se insegurança entre eles.

  4. ficha de leitura
    titulo:harry potter e a ordem da fénix
    autora:j.k.rowling

    Em “Harry Potter e a Ordem da Fénix,” Harry regressa para o seu quinto ano de estudos em Hogwarts e descobre que a maioria da comunidade de feiticeiros não acredita no seu encontro com Lorde Voldemort, preferindo ignorar os factos sobre o seu regresso. Receando que o Reitor de Hogwarts, o venerável Albus Dumbledore, esteja a mentir sobre Voldemort de modo a descobrir o seu poder e proteger o seu cargo. O Ministro da Magia, Cornelius Fudge, nomeia uma nova professora de Defesa contra As Artes Negras para vigiar Dumblebore e os estudantes de Hogwarts. Mas Dolores Umbridge e as suas aulas aprovadas pelo Ministério deixam os jovens estudantes impreparados para se defenderem das forças que ameaçam toda a comunidade.
    Por isso, respondendo ao desafio dos seus amigos Ron e Hermione, Harry toma conta do assunto. Em encontros secretos com um pequeno grupo de estudantes que se auto-intitula “O Exército de Dumbledore”, Harry ensina-os a defenderem-se das Artes Negras, preparando-os para a batalha que se avizinha.

    opiniao:
    acho que e um livro muito intresante pois temos sempre vontade de ler apesar do numero de paginas…..

    • Claudia Vieira
    • Posted Janeiro 4, 2009 at 12:00 pm
    • Permalink

    Título do livro: “A Lua de Joana”.

    Editora: Verbo

    Autor: Maria Teresa Maia Gonzalez

    Resumo: A história fala de uma adolescente, Joana, que perde a melhor amiga, Marta devido a màs companhias que a levaram para o mundo da droga.
    Joana revoltada e triste ainda não perdoou a melhor amiga, mas sendo ela a sua única confidente decide escrever-lhe cartas para continuar a contar-lhe todos os problemas e segredos.
    A adolescente na escola pede a colaboração dos amigos e faz uma peça de teatro “Os amigos da onça” que aborda a droga e os seus perigos para que os adolescentes não caiam no erro de Marta e acabem com a sua vida, enquanto ainda têm muito para viver.
    Com o passar do tempo a jovem consegue perdoar a amiga.
    Ela passa por tempos difíceis, com os pais devido á falta de atenção e a constante ausência de atenção e para a recompensar, o pai trazia-lhe relógios. Tem uma má relação com o irmão e tenta aproximar-se do irmão de Marta, para lhe dar apoio que, também passa por momentos difíceis dada a morte da irmã.
    Joana vivia também com a sua avó, com quem se dava muito bem mas, com o tempo ela também a perde por motivos de doença.
    Por incrivel que pareça, Joana acaba por perder o controlo e acaba como a melhor amiga, morta e na droga.

    Comentário: Gostei de ler este livro, porque é uma história que narra temas que decorrem na actualidade e que são um problema grave que, têm tristes consequências. Apreciei ainda a forma que Joana utiliza para “comunicar” com a sua melhor amiga.
    Achei estranha a atitude do pai de Joana que, estava sempre ausente e que pensava que oferecendo relógios a Joana conseguiria compensar todo tempo que passava fora de casa e longe dela.
    É mau ver como Joana depois de tanto criticar e não entender que levou Marta a entrar para o mundo da droga e acaba, surpreendentemente por cometer o mesmo erro da sua melhor amiga, ela que até pediu a colabração dos colegas de turma para a realização de uma peça de teatro, cujo nome era “Os amigos da Onça”, com o objectivo de alertar os colegas do perigo que traz a vida dos toxicodependentes. É interessante a ideia que a autora realça quanto ao facto de Joana ter uma Lua no quarto, uma especie de baloiço, branco em forma de Lua, que utilza para pensar e ter novas ideias. Quando Joana se encontrava triste, deprimida ou com falta de ideias, Joana tinha a Lua em quarto minguante, quando estava contente e feliz, sentava-se nela em quarto crescente.
    Aconselho o livro a qualquer pessoa, é estranho porque quando se começa a ler nasce a curiosidade para conhecer o que decorre aseguir. Penso que é adequado para todas as idades e um bom exemplo, a não seguir.

    Profressor, também tenho em folha

    • Helena Couto
    • Posted Janeiro 4, 2009 at 2:03 pm
    • Permalink

    Professor, eu faltei na última aula e ninguém me avisou que havia um trabalho de ferias para fazer. Ainda por cima pensei que durante as ferias o blog ficava inactivo, mas hoje vim ca ver e reparei neste trabalho.
    Será que me podia dar mais uma semana para eu postar o trabalho?

    Cumprimentos.

    • Nádia Barbosa
    • Posted Janeiro 4, 2009 at 3:12 pm
    • Permalink

    Ficha de leitura
    Autores – Luísa Beltrão
    José Fanha

    O livro, Missão em Happy-Kosmos, conta as aventuras do João Maria, da Emília, do Vasco e da Madalena mais conhecido por Patanisca .
    Esta aventura começa com uma árvore a pedir-lhes ajuda. No começo, encontravam um espectro que indicara-lhes uma missão crucial, haviam percorridos um imenso subterrâneo, caíram num poço e aterraram num jardim a onde um italiano maluco ofereceu-lhes comida. Depois mudaram o visual, no gabinete estético de Marilyn e foram ter com o Grande Intendente que ordenou irem para uma escola a onde cada um fazia o que lhes apetece-se . A cidade a onde tinham ido parar, chamava-se Happy-Kosmos e nessa cidade não existia sentimentos.
    Num dia, Vasco chorava tristemente dizendo que queria ir embora, ter com a sua família. Quando o Tenente soube dos seus sentimentos mandou-o para um hospital para ser “reciclado”.
    No momento em que os seus amigos descobriram, foram salva-lo.
    Entretanto foram ter á cidade de Mnemosine que os ajudaram com que a cidade Happy-Kosmos aprendessem a ter sentimentos. Com o sucesso, o grupo de amigos voltou a sua casa sem acreditarem o que lhes tinha acontecido concluindo a sua missão.

    Na minha opinião, está historia é muito divertida e misteriosa. Os acontecimentos que são relatados no livro são todos interessantes que permite cativar os leitores, não só pelo o mistério mas também pela fantasia .

    • José Ferreira
    • Posted Janeiro 4, 2009 at 3:35 pm
    • Permalink

    Olá, Helena!

    Isto é que tens uns colegas!😀 Claro que podes colocar aqui a tua ficha de leitura durante a próxima semana. Ficamos à espera.😉

    • Luís Moura
    • Posted Janeiro 4, 2009 at 8:46 pm
    • Permalink

    Titulo: Noite de Natal

    Autor: Sophia de mello andresen

    Resumo: Era uma vez uma menina, que uns dias antes do natal conheceu um rapaz muito pobre, que passava todos os dias por sua casa. Tornaram-se muito amigos. Na noite de natal, Joana, foi a cozinha falar com a empregada Gestrudes, e perguntou-lhe se os meninos pobres tinham prendas. A gestrudes disse que não.
    Depois da meia-noite, Joana estava no seu quarto e pensou que o menino pobre não tinha tido nenhum presente, então Joana pegou em alguns dos seus presentes e foi-lhe oferecer.
    A caminho da casa do Manuel, Joana chegou a um grande pinhal, sem saber para onde ir olhou para o céu e viu uma estrela a brilhar muito, resolveu segui-la. No meio do pinhal, Joana encontra 3 reis, vindos do oriente. Joana perguntou-lhes o que eles andavam ali a fazer, os 3 reis reponderam que estavam a seguir a estrela. La foram os 4, sempre atrás da estrela. A certa altura encontraram uma cabana. Os 4, entraram na cabana, e estava la Manuel em cima duma cama de palhinhas, tal e qual como no presépio.

    Opinião: Acho que é um bom livro para ler nesta altura do ano, pois trata da solidariedade que hà no natal.

    Adeus ! =D

  5. Ficha de leitura:

    Nome do livro:O Cavaleiro Da Dinamarca

    Autor: Sophia de Mello Breyner Andersen

    Resumo:
    Na Dinamarca que fica no Norte da Europa. Há muitos anos, há dezenas de anos e centenas de anos, havia em certo lugar da Dinamarca, no extremo Norte do país, perto do mar, uma grande floresta de pinheiros, tílias, abetos e carvalhos. Nessa floresta morava com a sua família e criados um Cavaleiro. Viviam numa casa construída numa clareira rodeada de bétulas. E em frente da porta da casa havia um grande pinheiro que era a maior árvore da floresta. Nessa floresta, a maior festa do ano, a maior alegria, era no Inverno, no centro do Inverno, na noite comprida e fria de Natal. Nessa noite de Natal juntava-se a família amigos, parentes, criados da casa e servos da floresta. E muitos dias antes já o cozinheiro amassada os bolos de mel e trigo, os criados varriam os corredores, as escadas e todas as coisas eram lavadas, enceradas e polidas. As crianças corriam agitadas de quarto em quarto, subiam e desciam a correr as escadas, faziam recados, ajudavam os preparativos, mas algumas ficavam caladas, cismando, olhando pelas janelas fora vendo florestas enorme e pensavam na história maravilhosa dos três reis do Oriente que vinham a caminho do presépio de Belém. Na noite de Natal, em frente da enorme lareira, armava-se uma mesa muito comprida onde se sentavam o Cavaleiro, a sua mulher, os seus filhos, os seus parentes e criados. Terminada a ceia começava a narração das histórias. Mas as histórias que gostavam mais eram as do Natal, as histórias dos Reis Magos, dos pastores e dos Anjos. A noite de Natal era sempre igual a todos os anos. Até que certo Natal aconteceu naquela casa uma coisa que ninguém esperava. Pois terminada a ceia o Cavaleiro voltou-se para a família, para os seus amigos e para os seus criados, e disse: -Temos sempre festejado e celebrado juntos a noite de Natal. Esta festa tem sido para nós cheia de paz e alegria. Mas de hoje a um ano não estarei aqui. – Porque? – Perguntaram todos com grande espanto. – Vou partir – respondeu ele. – Vou em peregrinação à Terra Santa e quero passar o próximo Natal na gruta onde Cristo nasceu e onde rezaram os pastores, os Reis Magos e os Anjos. Também eu quero rezar ali. Partirei na próxima Primavera. Na Primavera o Cavaleiro partiu do porto de mar próximo. Embarcou, e levando por bom vento que soprava do Norte para Sul, chegou muito antes do que esperava às costas da Palestina. Dali seguiu com outros peregrinos para Jerusalém. Visitou um por um os lugares santos. Rezou por todos. Quando chegou o dia de Natal, ao fim da tarde, o Cavaleiro dirigiu-se para a gruta de Belém. Ali rezou toda a noite. Rezou no lugar onde a Virgem, São José, o boi o burro, os pastores, os Reis Magos e os Anjos tinham adorado a criança acabada de nascer. E, quando a torre deu as doze badaladas da meia-noite, o Cavaleiro julgo ouvir, num cântico altíssimo cantado por multidões inumeráveis, a oração dos Anjos: « Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade». O Cavaleiro rezou muito, nessa noite ,pelo guerras, pela paz e pela alegria do mundo. Pediu a Deus que o fizesse um homem de boa vontade, um homem de vontade clara e direita, capaz de amar os outros. E pediu aos a Anjos que o protegessem e guiassem na viagem de regresso, para que daí a um ano, ele pudesse estar no próximo Natal em sua casa com os seus. Ele ainda ficou dois meses na Palestina passando o Natal. No fim de Fevereiro despediu-se de Jerusalém e, na companhia de outros peregrinos. Partiu para o porto de Jafa. Entre esses peregrinos havia um mercador de Veneza com quem o Cavaleiro travou grande amizade. Em Jafa foram obrigados a esperar pelo bom tempo e só embarcaram em meados de Março. Mas uma vez no mar foram assaltados pela tempestade – Ah! – Pensava o Cavaleiro. – Não voltarei a ver a minha terra. Porém, o navio estava tão desmantelado que não podia seguir viagem.- Esperei por outro barco – disse o Cavaleiro. A beleza de Ravena enchia-o de espanto. Não se cansava de ver belas igrejas, as altas naves, os leves arcos, as finas fileiras de colunas. – Ouve – disse o Mercador ao Cavaleiro -, não fiques aqui à espera de outro navio. Vem comigo até Veneza se Ravena te espanta mais te espantará a minha cidade construída sobre águas. De Veneza segues para Génova e depois para Flandres. O Cavaleiro aceitou o concelho do Mercador e seguiu para Veneza. Nunca o Cavaleiro tinha imaginado que pudesse existir no mundo tanta riqueza e tanta beleza em cima de água. Ele não se cansava de olhar os degraus de mármore. Certa noite, terminada a ceia, o veneziano e o dinamarquês ficaram a conversa na varanda. Do outro lado via-se um belo palácio. – Quem mora ali? – Perguntou o Cavaleiro. – Agora ali só mora Jacob Orso com os seus criados, mas antes também ali morou Vanina, que era a rapariga mais bela de Veneza. Terminada a história o Mercador encheu dois copos com vinho e ele e o Dinamarquês beberam. O Mercador disse: – Não partas fica comigo. Associa-te aos meus negócios. – Não. Tenho de partir prometi a minha família que estava o próximo Natal com eles. Daqui a três dias partirei. E foram assim passados três dias ele partiu montado num cavalo. Partiu para o Norte de Itália. Aconselhado pelo Mercador, resolveu fazer meio da viagem para Génova um desvio para sul, para conhecer a celebre cidade de Florença. E no princípio de Maio chegou a Florença. Procurou a casa do banqueiro Averardo, para o qual o seu amigo veneziano lhe tinha dado uma carta. O banqueiro recebeu-o com grande alegria e hospedou-o em sua casa. Ao fim da tarde chegaram os amigos do banqueiro Averardo. Então o espanto do Cavaleiro cresceu, porque naquela sala de Florença, aquelas homens discutiam os movimentos do sol e da luz. Parecia que toda a sabedoria da terra estava reunida naquela sala. Já a meio do jantar levantou-se uma discussão sobre a obra de Giotto. – Quem é Giotto? – Perguntou o Cavaleiro. – Giotto – respondeu o Filippo – é um pintor do século passado que foi discípulo de Cimabué… Dois sábios começaram a discutir as leis que regem os movimentos dos sete planetas. E passando um mês disse-lhe o banqueiro. -Associa-te aos meus negócios e estabelece a tua vida em Florença. – Agradeço o teu convite – respondeu o Cavaleiro – não posso que longe de aqui no Norte os meus filhos a minha mulher, e os meus criados estão a minha espera. Dentro de três dias partirei. E três dias depois o Cavaleiro deixou Florença. Viajava agora com pressa para embarcar no porto de Génova num dos navios que, no princípio do Verão, sobem da Itália para Bruges, Gand e Antuérpia. Mas já no fim do caminho, a pouca distância de Génova, adoeceu. Tremendo de febre, foi bater a porta dum convento. Os frades que o recolheram trataram bem dele. Ele já pensava que não chegava à terra dele. Ele queria seguir viagem, mas os frades não o deixaram ir porque ele estava muito magro tive de esperar mais um mês.

    • José Ferreira
    • Posted Janeiro 5, 2009 at 5:16 pm
    • Permalink

    Rui: o que era pedido era um resumo e uma opinião do livro que leste e não uma cópia de parte do texto…

    • Daniela Moreira
    • Posted Janeiro 9, 2009 at 2:59 pm
    • Permalink

    Titulo- Harry Potter e os Talismãs da Morte

    Autor- J. K. Rowling

    Resumo: Dumbledore antes de morrer disse ao Harry que tinha que encontrar e destruir os Horcruxes de Voldemort.
    Então Harry, Hermione e Ron, iniciaram uma longa e perigosa viagem.
    Eles não podiam ser vistos porque o Harry estava em perigo pois Voldemort tinha-se apoderado do Ministério da Magia, e queria a todo custo apanhar o tão famoso Harry Potter.
    Então durante a longa viagem os três amigos no sítio em que ficavam lançavam feitiços para ninguém os poder ver.
    Harry tinha um grande desejo que era ir a Godric’s Hollow, onde os seus pais tinham morrido.
    Mas houve um dia em que Harry e os seus amigo tiveram que voltar a Hogwarts, e foi aí, que aconteceu a grande batalha
    Lord Voldemort e os seus Devoradores da Morte entraram em guerra com os alunos e professores de Hogwarts, mas antes Voldemort matou o Severus Snape.
    Quando Snape morreu, começou a sair um líquido pela boca e Harry colocou o líquido num copo e, depois foi a correr para a sala do director e pegou no pensatório e deitou lá para dentro o líquido que saíra da boca de Snape e saltou lá para dentro.
    Foi aí que descobriui que Snape era apaixonado pela sua mãe Lily.
    Harry percebeu que Dumbledore queria que ele fosse ter com o Voldemort.
    Então Harry foi ter com Voldemot e durante a batalha deles Harry matou Voldemort.
    Passado algum tempo, Harry casou com Ginny, a irmã de Ron, e este casou com Hermione.
    Depois de 19 anos, os três filhos de Harry e os dois filhos de Ron foram para Hogwarts e, etses encontraram-se no comboio.
    Harry e Ginny despediram-se de Albus Severus, de James e de Lily, enquanto que Ron e Hermione de despediam de Rose e de Hugo.

    Opinião: Na minha opinião, este sétimo volume é o mais interessante de todos.
    Neste livro, mais interessante é o mistério e o suspanse que que se vive durante todo ele.
    Achei o livro interessante até ao fim, pois todos os pormenores deste livro são fascinantes.
    Eu li toda a colecção do Harry Potter e adorei todos os livros. Uns mais que os outros, mas foram todos fascinantes.
    Eu prefiro ler os livros do que ver os filmes, porque nos livros exisem pormenores que nos filmes não vemos.
    Tenho muita pena por a colecção do Harry Potter ter acabado, pois achava esta colecção muito interessante.

    • Daniela Moreira
    • Posted Janeiro 9, 2009 at 3:01 pm
    • Permalink

    Professor eu só publiquei agora o trabalho porque estava sem internet.
    Bom fim de semana

    • Miguel Miguel
    • Posted Janeiro 9, 2009 at 5:17 pm
    • Permalink

    Ficha De Leitura:

    Título:
    Crepúsculo
    Autora:
    Stepheny Meyer

    Sobre o Livro:

    Crepúsculo , é um livro que fala sobre um relacionamento amoroso quase impossivel… digamos que, entre um vampiro, Edward e uma humana , Bella.
    Tudo surge numa noite escura, em que bella ia ser atropelada por um automóvel, Edward, vendo o decorrido, salva-a, conhecendo-se e sendo amor á primeira vista…
    Será que tudo correrá bem entre o relacionamento ?
    Para saberem o resto… é só ler^^
    Livros da quadrologia:
    Crepúsculo
    Lua Nova
    Eclipse
    Going Down
    Obrigado e desculpe pelo meu atraso professor!

    • Miguel Miguel
    • Posted Janeiro 9, 2009 at 5:18 pm
    • Permalink

    Peço desculpa por intervir… mas tenho de corrigir… a quarta edição nao é going down… mas sim… breaking down
    Peço desculpa e bom fim de semana

    • Anónimo
    • Posted Janeiro 9, 2009 at 5:21 pm
    • Permalink

    PRIMEIRO DIA DE NEVE DO ANO!!! FOI FANTASTICO!!!!

    • Helena Couto
    • Posted Janeiro 9, 2009 at 8:45 pm
    • Permalink

    Ficha de Leitura
    Autor: Frank McGinty
    Título: Querer é poder
    Editora: Temas e Debates

    “Querer é Poder” é um livro que explora vários assuntos mas todos relacionados com um tema principal – A “Chave” pra atingirmos os nossos objectivos. Escrito de modo a cativar a atenção, principalemnte, dos adolescentes e jovens adultos (o próprio narrador trata-nos por “tu”) este livro explica como podemos fazer mais ou ser mais (autoconfiante, mais feliz, mais popular, mais o que quisermos). Ele ensina a motivar a mente para fazer face a qualquer desafio. Também explica, que mesmo que muitas vezes pensemos que somos uns falhados e não conseguimos fazer nada direito, temos sempre algum talento que podemos explorar de modo a que saiamos beneficiados. Ajuda a vencer os nossos medos e a acreditar em nós próprios. Além do mais, sempre que fala de um assunto, dá exemplos de casos reais e/ou exemplos imaginados pelo escritor. Com confiança, determinação e objectivos bem definidos é possível ter sucesso!

    Opinião:
    Este livro, é um livro que todos os adolescentes deviam ler. Ele já ajudou muita gente certamente (incluindo a mim) e ajudará todos os que o lerem. Pois mesmo que achemos que já temos tudo, à sempre algo para melhorar. Eu acho que é um óptimo livro.

    “Ficai bem”.
    Cumprimentos,
    Lena ^_^

    • Helena Couto
    • Posted Janeiro 9, 2009 at 8:47 pm
    • Permalink

    Ah e Professor,obrigado pela sua compreensão e me ter alargado a prazo😉

    • Daniela Moreira
    • Posted Janeiro 12, 2009 at 10:13 pm
    • Permalink

    Liliana: parabéns adorei a tua ficha de trabalho.Continua assim e no final do período o professor dá-te 5. :d

    • Patrícia Ribeiro
    • Posted Janeiro 13, 2009 at 8:37 pm
    • Permalink

    Ficha de leitura

    Livro: Diário de Anne Frank
    Autor: Anne Frank

    Neste livro, que é um diário, Anne Frank escreve a sua história durante o período de 12 de Junho de 1942 a 1 de Agosto de 1944 durante a 2ª Guerra Mundial. Ela e a sua família (a mãe, o pai e a irmã) juntamente com mais quatro pessoas que viveram 25 meses, durante a 2ª Guerra Mundial, num anexo de quartos por cima do escritório do pai dela, em Frankfurt, denominado Anexo Secreto, Anne escreveu no seu diário (que recebeu no seu aniversário), a que ela deu o nome de Kitty.
    No diário escrevia o que sentia, pensava e fazia. Kitty e logo depois Peter eram os seus únicos amigos dentro do Anexo Secreto.
    Os longos meses de silêncio e de medo aterrorizante, acabaram ao ser denunciados aos nazis. As famílias foram deportadas para Campos de Concentração Nazistas.
    Nove meses depois da sua deportação, Anne Frank morre de ….. A irmã Margot, tinha falecido também vítima de …. e de subnutrição dias antes de Anne. A ironia do destino é que duas semanas depois de terem morrido todas as pessoas desse Campo de Concentração foram libertadas.

    Opinião:

    Eu gostei muito deste livro, primeiro porque se trata de uma história verídica e segundo porque foi escrita por uma menina da minha idade.
    A história é muito interessante porque retrata um período histórico mundial muito importante, a segunda Guerra Mundial e o Nazismo.
    Neste livro é posto em evidência, a perseguição que os nazis fizeram aos judeus e mostra como eles foram maltratados nos Campos de Concentração.
    Morreram milhares de pessoas inocentes, entre os quais Anne e a sua família, o único sobrevivente foi o seu pai que depois mandou editar este livro.
    Um dos aspectos mais importantes deste livro que já foi traduzido em 68 línguas e é um dos livros mais lidos no mundo.
    O anexo Secreto, local onde a família de Anne Frank e outras 4 pessoas viveram, tornou-se um famoso museu após a publicação do diário.
    Sem dúvida que este foi o livro mais marcante da minha vida e recomendo a toda a gente que o leia.

    • José Aguiar
    • Posted Janeiro 17, 2009 at 12:19 pm
    • Permalink

    Título: Recados da Mãe

    Autor: Maria Teresa Maia Gonzalez

    Editora: Verbo

    Este livro fala de uma história de duas irmãs muito unidas em que um dia a mãe delas morre. Sendo os pais separados e o pai já com família criada ele decidiu deixá-las em coimbra com suas avó materna, Matilde, que se chateara com sua filha à muito tempo.
    A irmã mais nova Leonor ainda não tinha reagido bem à morte de sua mãe e acordava sempre a chorar, então sua irmã, Clara, teve uma ideia para a ajudar a ultrapassar aquele mau bocado da sua vida. Sempre que acordava dizia à sua irmã que nos sonhos falou com a mãe, e que a mãe lhe tinha dado um recado…

    Se quiserem saber mais leiam o livro :p
    Achei o livro muito interessante, da forma como as duas irmãs colaboravam uma com a outra, para além de sentire tristeza e saudade assim como Leonor, Clara, conseguiu ser forte o suficiente para conseguir ajudar a sua irmã. E outra coisa que gostei muito do livro foi conseguirem esconder no livro todo o nome da “mãe”.😀

    Aconselho a ler! Espero que gostem!

    • José Aguiar
    • Posted Janeiro 17, 2009 at 12:20 pm
    • Permalink

    sentir* :s

  6. Olá!
    Maria, ainda bem que adoraste a minha ficha de leitura, é sempre bom sinal.

    Mesmo assim, as pessoas têm opiniões diferentes, por isso, qualquer comentário(bom ou mau) é sempre aceitável.

  7. Maria: Estive a ler a tua ficha de leitura. Penso que está interessante e gostei muito da parte em que escreveste que preferias ler livros do que ver filmes. Eu concordo contigo, também penso que nos livros acabamos por descobrir coisas que num filme nem fazemos ideia de que elas lá existem.

  8. Aliás, nós apenas não conseguimos ver essas coisas fascinantes e especias, nos filmes, devido à forma de como os eles são realizados. A acção, os vários espaços, os diferentes sons e músicas, que os realizadores associam às diferentes acções e espaços, não nos permitem ver esses pormenores. Enquanto que os livros, esses deixam-nos imaginar cada detalhe, por mais insignificante que possa ser.😀

  9. Desculpem o erro na parte:
    “(…) de como *os* eles são realizados.”
    *os* é para retirar.

    • Daniela Moreira
    • Posted Fevereiro 7, 2009 at 7:49 pm
    • Permalink

    Obrigado Liliana… Eu concordo plenamente contigo. Pode dar mais trabalho ler os livros do que ver os filmes, mas lendo os livros conseguimos saber promenores que nos filmes nunca iriamos perceber..

    • Helena Couto
    • Posted Fevereiro 7, 2009 at 8:52 pm
    • Permalink

    Harry Potter nunca li, mas adoro os filmes ^^

    Apesar de, de facto, os livros serem muito melhores que os filmes (todos os livros). Dão muito mais promenores e eu já reparei que cortam muitas partes que dão sentido a toda a acção.

    Por exemplo, eu vi o filme do Código Da Vinci e depois apeteceu-me comprar o livro.

    Fiquei boqueaberta ao reparar que há tanta coisa importante e diferente no livro que dá mais sentido. O livro é 5x melhor. Aconselho a lerem e depois verem o filme (ou se já tiverem visto leiam que vão mesmo gostar).

    • lucas
    • Posted Junho 5, 2010 at 12:11 pm
    • Permalink

    posted junho,05/2010 pm

  10. Muito legal esses resumos..
    Por favor alguém resume o livro: Sucesso!Eu vou chegar lá … de Frank McGinty

    obg


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: